quinta-feira, 19 de julho de 2012

NÃO FIQUE TRISTE, FIQUE RICO!




Exatamente: rico. Rico em dinheiro sim, por que não? Ter dinheiro não é pecado, não é feio, não é sujo - E AJUDA, SIM, A TRAZER FELICIDADE. Mas também rico em amor, em reconhecimento, em respeito, em talento, em prazer, em felicidade, em sensibilidade, em inspiração, em criatividade, em crescimento pessoal e humano, em classe, em charme, em excelência, em tudo que é importante para você. Dê a volta por cima de tudo e todos que ferem, que desprezam, que desumanizam, que roubam a dignidade de ser. NÃO FIQUE TRISTE, FIQUE RICO, eu repito, que é pra vocês não esquecerem, não esmorecerem, não se deixarem abater - E AGIREM. Pense: qual talento seu está deixando de ser utilizado, onde você está sendo comodista ou encontrando mil desculpas para achar que "não consegue"?

Fique rico como ficou Seal, o nigeriano/britânico que teve uma infância e adolescência pobres, difíceis e sofridas, que mais tarde contraiu um lupus erimatoso que deixou sequelas em seu rosto e na alma, já que por algum tempo ficou com baixa auto-estima e envergonhado das pessoas, mas que a despeito disso tudo conseguiu se firmar na Inglaterra e no mundo todo como um maravilhoso cantor e compositor de de soul e pop, com músicas consideradas diferenciadas de tudo que existe em black music, muitas delas belas, românticas, cativantes, viscerais, de bom gosto, sem cair na pieguice e na superficialidade. 

Que, alto, corpo perfeito, bom gosto para se vestir, cheio de integridade humana, inteligência e carisma pessoal, transformou-se em um homem amado e respeitado por homens e mulheres, além de um grande símbolo sexual - embora nunca tenha explorado essa imagem -, tendo namorado mulheres lindas e inteligentes. Uma delas, a top model Christy Turlington, a quem amava muito, após quase dois anos de um relacionamento intenso e com planos de casamento, foi flagrada em um rumoroso romance com um empresário de construção civil, deixando Seal muito infeliz e ressabiado com o amor. No entanto, a maneira como ele enfrentou a separação e a boataria foi exemplar e memorável: com muita discrição e classe, respeitando a decisão de Christy e defendendo-a de todos que tentavam denegrir sua imagem, fazendo somente declarações positivas sobre a amada.  

Foi nessa época que criou e lançou a canção Kiss From a Rose, que muitos acham ter sido uma homenagem a Christy, além de uma forma cheia de classe de transcender a dor, através de uma canção belíssima, romântica, mas sem um pingo de melodrama e obviedade (tanto na letra como na melodia) e lamentações. Essa música foi um estouro de vendas, com mais de 20 milhões de cópias vendidas em todo o mundo, integrou a trilha sonora de "Batman Eternamente", recebeu um Grammy de Melhor Canção e deu a Seal o Grammy de Melhor Cantor. 

Mas não parou por aí. Logo percebeu-se que seu talento era real, que Seal não era autor de um sucesso só. Lançou o álbum Seal, que conquistou uma legião de fãs fora do Reino Unido, tendo apresentado, entre outros hits, a música Crazy, talvez um dos seus maiores sucessos até hoje. Em seguida, lançou o single Killer, outro estrondoso sucesso. Seguiu-se o disco Human Being, um projeto mais autoral, em que discutiu a importância das relações humanas, como na música Lost my faith. Veio depois o hit Get it together, que foi o carro-chefe de seu quarto álbum. De lá para cá, o nigeriano lançou mais seis discos, sendo o mais recente Commitment

Já curado do trauma amoroso, Seal casou-se com a linda modelo Heidi Klum, com quem viveu feliz por cerca de quatro anos e acaba de separar-se. Mas foi uma separação amigável e consensual, e o cantor já foi visto na Sardenha, na Itália, com uma bela mulher morena, cuja identidade ainda é desconhecida. A proximidade entre ambos deixa adivinhar que Seal já tem uma namorada, três meses após o divórcio.

A história de Seal é uma história de sofrimentos, humilhações / garra e redenção. Ter sempre se portado com distinção, resignação, integridade e classe, usado o sofrimento como inspiração para a arte e a evolução pessoal e humana, e por fim ter tido sucesso em sua grande paixão, a música, é ou não é um grande exemplo para todos nós, uma bela e digna maneira de dar a volta por cima?

Kiss From a Rose - o início da volta por cima



Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Clique dentro da caixa e digite seu comentário!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Enterprise Project Management