quarta-feira, 6 de junho de 2012

Quanto melhor os ingredientes de uma pessoa, menos tempo as são dadas.




Eva Cassidy nasceu 02 de fevereiro de 1963. Crescendo em uma família musical, nos arredores de Washington DC, ela cantava quando criança pequena e mais tarde aprendeu a tocar guitarra. Mesmo assim, uma criança ela tinha um dom incrível para perfeita harmonia, e em passeios em família, ela cantava, harmonizando perfeitamente com a música do rádio do carro. Seu pai, um professor de crianças com dificuldades de aprendizagem e um músico a tempo parcial, formou uma banda de família com Eva, seu irmão Danny no violino, e ele mesmo no baixo. 

Em 1986 ela  foi convidada para cantar no álbum da  banda liderada pelo amigo Dave e foi ouvida pelo produtor Chris Biondo, que, impressionado com seu talento cru incentivou e apresentou-a a outros músicos. Cassidy apareceu em vários álbuns como cantora de apoio. No início do ano  seguinte Chuck Brown e Eva Cassidy começaram  se apresentar ao vivo incluindo uma aparição no Blues Alley Washington. A colaboração com Chuck Brown foi uma das que Eva valorizava mais. Eles tocaram juntos e pareciam misturar-se instintivamente.

No final do ano, depois de uma check-up médico, Eva Cassidy teve a cirurgia ambulatorial para uma lesão maligna de pele nas costas. No início de 1994 ela gravou para a Blue Note Records e excursionou com o grupo  Pieces Of A Dream, Em janeiro de 1996 ela apareceu no Blues Alley novamente, uma sessão que foi gravada.  Eva tinha  sentindo dor no quadril há algum tempo. Eventualmente Eva fez uma série de testes embora o câncer era suspeito, só depois de vários testes o diagnóstico foi confirmado:  melanoma avançado. Ela foi informada que  tinha 3-5 meses de vida.

Eva foi internada, e um fluxo constante de amigos iam chegando trazendo frutas e flores. Ela se sentia mal que estes foram indo para o lixo, então ela pediu a alguém para trazer papel e lápis de cor. Muitas vezes ela não podia vêr os visitantes por causa do regime que tinha, então dessa forma que ela ajudou a seus visitantes a se expressar com ela. Quando alguém saiu do elevador e viu os corredores forrados com pessoas sentadas no chão a colorir, conversando e conhecendo uns aos outros, era uma cena maravilhosa de se ver. Eva tinha todos os quadros pendurados na parede grande  para que ela pudesse vê-los.
Em setembro, um concerto de homenagem a Eva foi organizado. Foi uma ocasião comovente para todos. Havia artistas diferentes tocando a noite toda. Eva Cassidy  em  um banquinho sentou-se para tocar e cantar "What a Wonderful World". Era surpreendente que ela reuniu todas as forças  para fazer o número e, claro, todos que a conheciam ficaram surpresos. Essa foi a última música queEva Cassidy cantou em público. Foi um daqueles momentos em que aqueles que estavam lá, nunca vão esquecer.
 Após o concerto Eva tinha um par de cem 'muito obrigado' cartões feitos. Ela fez um pequeno desenho para eles, um rosto em forma de coração a sorrir. Na última visita de seu irmão Danny pouco antes de Eva falecer, ele gravou a faixa de violino para "I know you by heart". Depois seu pai, irmão e amigos fizeram um show para ela fora de sua janela do quarto.
Eva Cassidy morreu no dia 02 de novembro de 1996. Ela tinha apenas 33 anos.

Por que eu não falei sobre a musica dela??? Esse foi o único show gravado. Vejam por vocês mesmos quem é Eva!!!




Reações:

4 comentários:

Lilly disse...

Carlos

Que surpresa e que bom te ver por aqui de novo! Nâo sei se já te falei, mas gosto muito das tuas postagens e escolhas de música; minha impressão é que temos até o gosto parecido...

Desta vez não "fuja", fique com a gente!

Beijo

Lilly

Beijo

Lilly

Marlon Sérgio disse...

Verdade, Lilly! Carlos tem um gosto musical apuradíssimo; seja nacional ou internacional, é sempre bom ler nosso amigo, que nos traz sempre artistas brilhantes da música britânica e outros valores da Europa, mas também da excelente música americana, francesa e brasileira! Uma maravilha a Eva Cassidy. Parabéns, Carlinho.... "Tamo" esperando mais, ok? rs....Abços

Carlos da Costa disse...

Oi Lilly!!!
Obrigado!!! pra te falar a verdade a minha sumida (pois fiquei dando muitas desculpas) foi unica e exclusivamente por conta da morte da Amy Winehouse, fiquei baqueado e muito triste mesmo. Mas agora estou de volta e com um monte de ideias novas, vc tambem esta no Facebook, quero te achar la, assim a gente trocas umas ideias antes de coloca-las aqui.
Grande beijo.
xx
Carlos.

Carlos da Costa disse...

Serginho, ja estou na area de novo... prometo nao sumir e obrigado pelo elogio.
xx
Carlin da Zizinha

Postar um comentário

Clique dentro da caixa e digite seu comentário!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Enterprise Project Management