terça-feira, 26 de junho de 2012

Militar com sensibilidade fora de série




James Hillier Blunt - James Blunt - nasceu em 04 de março de 1974, num hospital do Exército em Tidworth, Hampshire, Inglaterra. É cantor, compositor e multi-instrumentista dos gêneros pop rock, soul rock, folk rock e folk pop. Ele poderia se destacar em muita coisa, mas a música falou mais alto.
Vem de uma família de forte tradição militar. Primeiro filho de um coronel destacado do Exército britânico da Air Corps e piloto de helicóptero militar. Seu pai incutiu-lhe o amor por voar, e Blunt ganhou seu brevê de piloto aos 16 anos. Serviu por seis meses em Kosovo e depois fez parte da Guarda da Rainha. Além da carreira no exército britânico, Blunt cursou Engenharia Aeroespacial. Foi oficial da Life Guards, um reconhecido regimento do exército britânico e serviu no âmbito da NATO em Kosovo durante o conflito em 1999. Enquanto esteve destacado em Kosovo, foi apresentado ao trabalho dos Médicos sem Fronteiras (MSF), um grupo de ajuda humanitária mais conhecido por seu tratamento médico de emergência em regiões de conflitos. Desde então, Blunt tem apoiado os MSF, mantendo leilões beneficentes em muitos de seus concertos.

Carreira militar
Como o Exército Britânico patrocinou sua educação universitária, Blunt teria de servir um mínimo de quatro anos nas Forças Armadas do país. Formou-se na Academia Militar Real de Sandhurst. Uma das suas primeiras missões foi no Canadá, onde a sua esquadra foi postada por um período de seis meses em 1998 para atuar como o exército oponente em exercícios de treino.
Em 1999 serviu com as forças da OTAN no Kosovo. Inicialmente designado para operações de reconhecimento ao longo da fronteira Macedônia-Iugoslávia, Blunt e sua unidade trabalharam adiante da linha de frente, indicando as posições sérvias para os bombardeios. Liderou a primeira esquadra de tropas a entrar em Pristina e foi o primeiro militar britânico a entrar na capital de Kosovo. Sua unidade recebeu a missão de assegurar o aeroporto de Pristina. Houve momentos mais amenos durante a missão no Kosovo, no entanto; Blunt tinha trazido junto seu violão e, em alguns lugares, ao compartilhar uma refeição com os locais, Blunt se apresentava. Foi lá que, enquanto em serviço, ele escreveu a canção "No Bravery".
Bom esquiador, Blunt foi o capitão da Equipe de Esqui da Cavalaria Alpina, em Verbier, Suíça, e acabou se tornando campeão de todo o Corpo Real blindado. Estendeu seu serviço militar, em novembro de 2000, e após um intenso período de seis meses de um curso de equitação no Exército foi destacado para o Regimento de Cavalaria Montada Doméstica, em Londres, Inglaterra.


Formação cultural e aproximação com a música
Sempre ciosos da educação do filho, seus pais contrataram-lhe uma professora de piano e violino. James confessa que achava as aulas monótonas, sentia falta do que ainda não conhecia e que o empolgaria futuramente: a guitarra. Aos sete anos, Blunt foi para o colégio Harrow cursar desde o primário ao ensino médio, e foi exatamente nessa escola que ele conheceu a guitarra e começou a curtir rock, preferindo bandas como Pixies e Nirvana, assim como roqueiros mais antigos como Led Zeppelin e Supertramp.

James em busca de seu sonho
Aos vinte e oito anos, James finalmente vai em busca de seu grande sonho e abandona definitivamente a vida militar. Ele não imaginava o que o futuro lhe reservava; nem em seus maiores devaneios sonhava na grandiosidade de seu sucesso - e tão rápido. Sucesso também com as mulheres, devido à sua beleza e à mistura inusitada da doçura e sensibilidade do cantor com a força do militar destacado, além da admiração pelos seus muitos dons.
Ele fazia muitas apresentações, conversava e se reunia com várias pessoa influentes no meio musical, buscando uma boa oportunidade. Não demorou para chamar a atenção da EMI Music Publishing, com a qual assinou contrato. E foi em uma apresentação no Festival "South By Southwest" que Linda Perry o conheceu e lhe ofereceu um contrato em sua gravadora Custard Record, em Los Angeles. Era uma gravadora independente e ofereceu a James Blunt exatamente o que ele procurava: liberdade para trabalhar com o produtor que desejasse e produzir o álbum ao seu gosto.
 


O início do trabalho

Desde então, James Blunt não parou mais de trabalhar, seu sucesso é quase uma unamidade entre os apreciadores de seu estilo. Com um carisma sem igual, uma voz incomparável, doce, seus sentimentos profundos e ainda a figura física, arrebata multidões para seus shows e é um fenômeno de vendas. Somente seu álbum de estreia alcançou a marca de mais de onze milhões de cópias vendidas em todo o mundo. Seu primeiro single vendeu dois milhões de cópias: "You're Beautiful". Seu segundo álbum, lançado quatro anos após o primeiro, vendeu em duas semanas mais de dois milhões de cópias.
James Blunt é um predestinado. Um ser humano incrível, uma história de vida intensa e uma aptidão admirável para a música, foi além do esperado e vem conquistando as plateias mundiais cada vez mais definitivamente.


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Clique dentro da caixa e digite seu comentário!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Enterprise Project Management