domingo, 5 de agosto de 2012

Rufus Wainwright, Diva verdadeira.




Rufus McGarrigle Wainwright (nascido em 22 julho de 1973) é um  cantor e compositor americo-canadense. Ele já gravou sete álbuns de música original, faixas em compilações e numerosas trilhas sonoras de filmes. Ele também escreveu uma ópera clássica e musicou sonetos de Shakespeare  para uma peça teatral de Robert Wilson.

Os últimos anos têm sido uma viagem e tanto para Rufus Wainwright. Criativamente, ele colocou a música pop de lado e se concentrou em seus outros interesses, da indicação ao Grammy pelo lendário concerto de Judy Garland no Carnegie Hall. Até a estréia em 2009 de sua ópera, Prima Donna. 
Na vida pessoal Wainwright tem sido ainda mais dramático, testemunhando o nascimento de sua filha, Viva, a morte de sua mãe, cantora / compositora Kate McGarrigle, e seu noivado com parceiro Jorn Weisbrodt.

Todas essas experiências formam seu sétimo álbum de estúdio, "Out of the Game" , juntamente com um novo colaborador, célebre produtor Mark Ronson. Os resultados são música mais soltas,  a musica mais acessível da carreira de Wainwright, mantendo seu sentido narrativo distinto e sagacidade irônica, acrescentando prazeres  clássicos.
"O que eu queria era um calor e uma profundidade em termos de qualidade de som, e uma certa clareza que ainda é fácil para os ouvidos", diz ele. "Eu tinha feito essa coisa pseudo-gênio, então foi divertido para chegar lá e trabalhar muito rápido e fazer algo que era mais sobre as músicas."
Elton John o considera como um dos maiores e melhores compositores de sua época. Eu o vi a primeira vez sendo entrevistado e mesmo antes de cantar eu já gostei dele e o considero até hoje um Vulcão de musicalidade.

Veja por você mesmo...



E que Voz!!!!!



Reações:

14 comentários:

Lilly disse...

Carlos, como não é nenhuma surpresa pra mim, mais uma postagem tua incrível. Músicas inéditas, de qualidade e ao mesmo tempo bem palatáveis aos ouvidos de todos. Como diz o próprio Rufus, nada de coisa de "pseudo-gênio". Realmente, me lembrou um pouco o estilo do Elton John, e a segunda música, Song of Your Life, tem uma levada meio soul - um estilo aliás dos que eu mais gosto. O que me faz lembrar a tua postagem que eu mais curti, sobre o cantor de soul britânico Liam Bailey, realmente um achado.

Não sei como tá o teu tempo, mas gostaria que postasse mais, nos trazendo novidades e música boa, até porque o Marlon não anda tendo muito tempo e acabo ficando só eu postando.

Beijão

Roni Sauaf disse...

Li

Este blog é uma beleza, pq além dos assuntos irados eh um ótimo pretexto pra eu falar com vc....... OBA!!!!

Bom, naum quero ser chato, mas achei que esse cara naum chega aos pés do Elton John, que apesar de comercial faz um som que agrada bastante. O Elton só deve ter falado bem dele pra ajudá-lo na carreira. O tal de Rufus naum eh bom nem mto menos uma diva, isso eh um desaforo pra gente como o RuPaul, este sim uma verdadeira diva. Pra quem tiver preguiça de googlar aí vão links de duas fotos dele, ou dela:

http://www.tvgasm.com/wp-content/uploads/rupaul-glam-closeup.jpg

http://ouchmagazine.com/wp-content/uploads/2012/01/RuPaul+Classic+Sunglasses+Wayfarer+Sunglasses+nspQk6AuFGKl.jpg

Saudades!!!! E naum esqueça de antes de postar algo passar pelo meu crivo antes.......... kkkkkkkkk

Carlos da Costa disse...

Oi Lilly!!! Vou tentar sim, tenho muitas ideias e pouco tempo, mas adoro o Blog e vou continuar postando sim.

Roni Concordo contigo que o Rufus não é melhor que o Elton mas não sei se esse foi o intuito dele. Se tem algo de Elton John nesse Cd o motivo foi com certeza como uma homenagem, assim como se vc escutar o CD inteiro vai ver que tem muito de David Bowie e de notas do começo do Motown Records. Quando o Elton John mencionou isso em uma entrevista o Rufus já estava no sexto CD então não acredito que foi pra impulsionar uma carreira que já era conhecida e muito apreciada na America e na Europa.
O Aspecto de Diva vem por conta do ego mostrado em suas entrevistas, tem um monte de entrevistas dele na net, da uma olhada.
Quanto a Rupaul, desculpa ai mas ele é só o viadinho (nao sou homofóbico pois sou gay tambem) que canta musica dos outros com uma voz sintetizada por conputadores e com uma maquiagem bem feita. Não Iria nunca constar na minha lista de Divas.

Roni Sauaf disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Roni Sauaf disse...

Carlos, o Rufus não eh pior que o Elton, é MUUUUUITO pior que o Elton. E olha que o Elton já tem uma puxada brega, eh um cantor popularesco, apesar de mto criativo e agradar os que não são pseudo-intelectuais e nem gostam de posar de refinados em gosto musical. Vou no popular: esse cara é brega, mas eh muuuuito brega. Naum sou radical, gosto de alguma coisa brega, mas o Rufus, além de brega, não agrada, eh chato e bichoso, cheio de trejeitos trash (sem querer te ofender, pq até vc deve reconhecer que certo tipo de viadagem eh ridícula e brega). Enfim, o Rufus naum é uma diva, eh um Adam Lambert da vida, PIORADO, pq o Lambert ainda canta coisa que preste, como o tema de 2012, que apesar da breguice, eh bom de ouvir. E chamar o RuPaul de viadinho??? Que que eh isso, meu amigo! O cara eh uma drag. E uma drag linda, classuda, estilosa, que enche os olhos e os ouvidos. E daí que usa sintetizador? O Depeche tb usa e eh aquela maravilha toda! O pessoal do kuduro, por ex. na música de abertura de Av.Brasil, tb sintetiza a voz e o efeito eh incrível. Cher tb sintetizou a voz em Believe e ficou uma gostosura de ouvir. Aliás, Cher eh uma especie de drag mulher. E vc viu o RuPaul no filme Para Wong Foo, obrigada por tudo! Julie Newmar? Nele a drag aparece com todo o seu estilo e glamour e......... maquiagem bem feita, sim, e roupa linda e chic. Pior é maquiagem mal feita no estilo Adam Lambert........ e provavelmente o Rufus deve borrar a cara também..... UUUURGH!!! Os únicos homens ficam bem de maquiagem são o JOhnny Depp e qdo muito o Robert Smith do Cure. Mas vamos dar uma chance ao sujeito. Se vc fala que ele tem mto de Bowie e do início da Motown, quem sabe consiga fazer algo melhor do que o visto e ouvido nesses vídeos. Agora, dizer que ele agrada na America e na Europa naum significa porra nenhuma, pq esse povinho gosta de cada merda....... se até o Teló fez sucesso na Europa!

Naum me leve a mal, naum sou um cri-cri nem um babaca, apenas acho que aqui eh um lugar pra se falar o que se pensa.

Abraços, véi

Marlon Sérgio disse...

Meu brother, feliz por ler você de novo! Acho muito legal e saudável quando há Algumas opiniões divergentes por aqui. As colocações do Roni são interessantes, sim, mas ele pôs também uma pitada de competição que, sinceramente, não acho que seja por aí. Elton John é um dos maiores e melhores valores da música mundial e autor de uma obra ímpar. Voz inconfudivelmente bela, excelente compositor, arranjador, tem um estilo incomparável ao piano. E, se tornou-se meio comercial, vejo isso como uma consequência muito positiva de seu bom gosto musical e do grande número de fãs que, ao longo do tempo, foi fazendo mundo afora. elton John passeia por vários estilos e sempre com a mesma sofisticação e originalidade, como o pop romântico, classic rock, blues, etc...

Quanto ao Rufus, acho que você disse tudo, Carlinho, existe mesmo uma semelhança de estilo e timbre com David Bowie, mas com um pouco mais de melodia e uma bela voz, assim como Bowie. Todos sofrem influências de um e outro artista, no caso de Rufus, que bom que, apesar de ter uma identidade musical forte e um estilo bem próprio, segue uma linha que hoje talvez careça de novos valores, e passa por uma escola musical riquíssima. E concordo com você quando diz que Rufus não precisou que Elton John impulssionasse sua carreira, pois é muito talentoso, embora, ninguém em sã consciência, recusaria uma forcinha do Mr. elton John, não é? Quanto ao 'viadinho', vou ouvi-lo antes de opinar, ok? rsrs... Abços.

Lilly disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Roni Sauaf disse...

Carlos e Marlon

UIA!!!! Elton John e RuPaul!!!!!

Tá certo que Don't go breaking my heart, uma das melhores do Elton e que naum tem nada de brega, virou dance aqui, mas visualmente, em gestual, classe e glamour, RuPaul dá de goleada

http://www.youtube.com/watch?v=CtO_jSbNN6I

Lilly disse...

Marlon

Não vamos afastar o Roni já pré-julgando que ele foi competitivo. E se for só o estilão dele? De qualquer modo... Livre expressão! América, democracia! (Pero no mucho... eheheh)

Flor disse...

Eu gostei deo Rufus, lembra um pouquinho o estilo do Elthon John, mas "bem" de loonngggeeee!

Marlon Sérgio disse...

Não entendi, Lilly! Em nenhuma palavra do que escrevi existe uma mínima intenção de prejulgar, muito menos de afastar, e muito menos ainda de tolher a sagrada liberdade de expressão, por sinal, muito inteligente, do Roni! Eu, sinceramente não entendi sua colocação! Tô gostando muito das participações dele, pois tem se mostrado um conhecedor do tema que mais nos interessa aqui. Sem falar que essa faceta crítica e, às vezes, contraditória nas colocações do Roni, só vem enriquecer o blog e nos trazer mais informações!

O que eu disse foi que o Roni, em seu primeiro comentário nesta postagem, fez uma abordagem com uma conotação de competição, mas em momento nenhum eu vi isso como algo negativo, muito menos merecedora de qualquer forma de prejulgamento ou de veto! Me perdoe, Lilly, mas você viajou legal, e digo mais, não sei o motivo, mas acho que você deturpou de propósito a minha fala, levando-se em conta a pessoa inteligente que você é.

Bem, eu, particularmente, acho que comparar Elton John (obra e estilo) com RuPaul, é o mesmo que comparar Michael Jackson com Eminem! Mas repeito a opinião do Roni! Aliás, precisamos de suas opiniões, caro Roni!

Lilly disse...

Marlon, não vou ficar de bate-boca aqui, portanto não vou responder ponto por ponto das tuas acusações (injustas). Só quero esclarecer que o Roni não comparou RuPaul a Elton John, e sim a Rufus Wainwright.

Carlos da Costa disse...

Mas gente!!!!! adoro ouvir outras opinioes musicais e no Caso de Rufus e o que mais se vê. Ele e o que chamamos aqui de "Acquired Taste" eu gosto pois ele sai do estereotipo e faz musicas que vao despertar opinioes.
Em defesa do que escrevi sobre ele o que tenho a falar e o seguinte. primeiro me desculpe o portugues pois esta mais que enferrujado, eu queria dizer que o Rufus nao imita ou tenta imitar ninguem, o estilo dele e inimitavel. Eu disse que nesse novo trabalho, o Cd "Out of the Game" ele se inspirou muito em Elton John, David Bowie 70's Pop rock e Motown. E todos os cantores se inspiram em algo para compor e cantar. Os outros Albums dele sao bem diferente e bem mais orquestrados cada um mostrando uma faceta diferente dele.
Nao compararia ele nunca com Adam Lambert pois o produto midiatico que ele vem raramente descobre bons talentos, O Adam Lambert e um interprete e assim fica muito mais facil pegar musicas de outras pessoas e cantar, vc escolhe as melhores e faz um cd so de sucesso.
Sobre musica sintetizada, eu escuto muito e gosto muito tambem, acho Depeche Mode e seus conteporaneos no minimo fascinantes, a Diferença deles e da Rupaul e que eles sabem cantar ao vivo e sem o uso de tais aparelhos, nao sei se seria o mesmo com a drag.
A razao do tal do Telo entrar por essas bandas aqui e culpa primeiramente de onde ele saiu, O Brasil ultimamente nao tem muita coisa boa musicalmente abalando estruturas como quando eu morava por ai. O tipo de musica dele nao me agrada entao eu nao procuro saber nem dele e nem de nada que me fero os ouvidos. Uma coisa que se chama Kuduro faz a abertura de novela na globo????? respeite meu ouvido...
Roni aposto que tem muita musicas e pessoas que a gente vai ter o mesmo gosto, se nao nesse cara talvez mais adiante...
xxx

Marlon Sérgio disse...

Sei não, mas tô desconfiado que alguém roubou senha e login da Lilly! rsrs

A comparação que Roni fez de Elton John e Rufus, com esta eu concordo, portanto, não tenho porque comentar muito sobre isso, apenas dizer que Elton John só é brega - e este é um termo que eu nem emprego - na opinião de meia dúzia de críticos neurastênicos, que levam muito mais em conta a sua coleção de óculos exóticos e suas roupas 'personaizadas' do que propriamente sua cobra. Em termos de Brasil, por exemplo, boa parte da crítica "especializada" sempre cobriu de elogios a obra de Ben Jor, com repertório repleto de péssimas melodias, de letras pobres e desafinos, mas sempre foi negligente em relação a vários outros compositores de primeira grandeza, cujas obras são ricas em melodias, harmonia, vozes/afinação, letras e/ou poesias. E quanto a estes, eu passaria um bom tempo para citar os mais populares, mas também os que fizeram suas carreiras no ostracismo, vítimas da discriminação e segregação impostas pela mídia comercial e pela crítica sem critérios.

Postar um comentário

Clique dentro da caixa e digite seu comentário!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Enterprise Project Management