quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Eric Clapton - Uma história de genialidade e superação











Por Marlon Sérgio

Eric Patrick Clapton nasceu em 30/03/1945 em Ripley, Inglaterra. Ganhou sua primeira guitarra aos 13 anos e se interessou pelo Blues americano de artistas como Robert Johnson e Muddy Waters. Apelidado de Slowhand, é considerado um dos melhores guitarristas do mundo.

O reconhecimento de Clapton só começou quando entrou no “Yardbirds”, banda inglesa de grande influência que teve o mérito de reunir três dos maiores guitarristas de todos os tempos em sua formação: Eric Clapton, Jeff Beck e Jimmy Page.

Apesar do sucesso que o grupo fazia, Clapton não admitia abandonar o Blues e, em sua opinião, o Yardbirds estava seguindo uma direção muito pop. Sai do grupo em 1965, quando John Mayall convida-o a juntar-se à sua banda, os “Blues Breakers”.

Gravam o álbum “Blues Breakers with Eric Clapton”, mas o relacionamento com Mayall não era dos melhores e Clapton deixa o grupo pouco tempo depois. Em 1966, forma o “Cream” com o baixista Jack Bruce e o baterista Ginger Baker.

Com a gravação de 4 álbuns (“Fresh Cream”, “Disraeli Gears”, “Wheels Of Fire” e “Goodbye”) e muitos shows em terras norte americanas, o Cream atingiu enorme sucesso e Eric Clapton já era tido como um dos melhores guitarristas da história. A banda se separa no fim de 1968 devido ao distanciamento entre os membros da banda. Neste mesmo ano, Clapton a convite de seu amigo George Harisson, toca na faixa “While My Guitar Gently Weeps” do White Album dos Beatles.

Forma o “Blind Faith” em 1969 com Steve Winwood, Ginger Baker e Rick Grech, que durou por pouco tempo, lançando apenas um album. Como o próprio Clapton relata em sua autobiografia, a breve turnê do Blind Faith dura pouco, porém os deixa muito ricos. A banda recebeu o nome de Blind Faith pois EC gostaria de recriar a The Band na Inglaterra, ao mesmo tempo via isto como uma “fé cega”. 

A banda de apoio do Blind Faith era liderada por um casal do sul dos EUA, eram conhecidos como Delaney & Bonnie. A musica desta banda seduz Clapton a deixar sua banda e se juntar ao que se formaria como Delaney & Bonnie and Friends. EC neste período se torna um amigo próximo de George Harisson e a convivencia o faz se apaixonar pela esposa do Beatle, Pattie Boyd.

Um álbum ao vivo da turnê com Delaney & Bonnie é lançado em 1970 e no mesmo ano saiu o primeiro álbum solo do guitarrista. Juntamente com dissidentes da banda forma o “Derek and The Dominos”, com quem lançou um de seus maiores sucessos,“Layla”, uma declaração de amor à esposa de George Harrison. Duane Allman participou da gravação do álbum “Layla and Other Assorted Love Songs”, adicionando às faixas seus incriveis solos de slide.

Problemas como a morte de seu amigo Jimi Hendrix e a de seu avô, juntamente com seu amor platônico por Pattie no início da década de 70 levaram Clapton a se afundar cada vez mais no vício em heroína e álcool. O guitarrista entra em um periodo de exclusão passando aproximadamente 3 anos se drogando em sua casa. Após um tratamento de reabilitação Clapton volta ao mundo da música.

Em 1974, Clapton lança o reggae “I Shot The Sheriff”, tornando-se o responsável pelo lançamento de Bob Marley nas paradas de todo o mundo. Inicia assim uma boa fase musical que rendeu também a clássica “Cocaine” e “Wonderful Tonight” em 1977 no seu álbum “Slowhand”. 

Durante a década de 70 o consumo de álcool por EC vai crescendo em um ritimo assustador, chegando ao ápice em 1981 quando ele sofre um incidente hospitalar devido a seu alcoolismo. Consegue se manter sóbrio de 1982 até 1985, porém em 1986 se afunda na bebida e nas drogas causando a destruição de seu casamento com Pattie Boyd. Clapton engravida a modelo Lori Del Santo, e seu filho Conor nasce no final do mesmo ano.

O nascimento da criança serviu como estimulo para EC largar de vez o consumo de alcool e drogas, assim em 1988 atingia a sobriedade, consiguindo mante-la até os dias de hoje. Em 1990 ganha seu primeiro Grammy com o hit “Bad Love”.

No ano de 1991, o filho Conor, de 4 anos, nascido de um relacionamento extra-conjugal, caiu do apartamento onde morava com a mãe e faleceu tragicamente. Esse triste episódio foi registrado na canção “Tears In Heaven” que o guitarrista dedicou ao filho. A música, além de expressar toda a tristeza de Clapton, tornou-se um dos maiores sucessos de sua carreira. Lançou em pareceria com a MTV o album “Unplugged” que contém a canção sobre seu filho.

O disco acústico foi um sucesso absoluto e ganhou dezenas de prêmios, inclusive 6 Grammys. “Unplugged” marcou ainda uma volta de Clapton às suas raízes de blues, que teria seqüência com o álbum “From The Cradle”, apenas de canções de blues, num tributo aos clássicos que o influenciaram.

Em 1998, Clapton lançou “Pilgrim”, o primeiro álbum com material inédito em nove anos. Nesse álbum, Clapton fala sobre todos os dramas pessoais como a falta do pai, a morte do filho querido, os vícios e o amor perdido, além de revelar um profundo amadurecimento como cantor.

Em 2000, juntou-se a B.B. King para o lançamento de “Riding with the King”, álbum muito bem recebido por todos. No ano seguinte, lança o diversificado “Reptile”. A turnê desse disco passou pelo Brasil, nas cidades de Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo, onde Clapton tocou no estádio do Pacaembu.

Aproveitando a boa fase, grava um álbum ao vivo chamado “One More Car, One More Rider” e, em 2004, coloca nas lojas “Me and Mr. Johnson”, que traz versões de músicas de Robert Johnson. Em 2005 lança “Back Home” e, no ano seguinte, “Road To Escondido”, este em parceria com JJ Cale.

Em 2008 Clapton se reuniu com Steve Winwood para três shows em Nova York, estes foram gravados e lançados em 2009 como “Live from Madison Square Garden” em CD e DVD. Já em 2010, após 4 anos sem nenhum trabalho em estúdio, EC lança o albúm “Clapton” que consiste em alguns covers e composições próprias. 

O album obteve sucesso de crítica e vendas atingindo primeiro lugar no Rock Albums Chart da Billboard em sua estréia, a sexta posição no ranking da Billboard 200, a sétima posição no UK Album Charts e a terceira posição no European Top 100 Albums.

Agora, cinco dos maiores sucessos desse brilhante artista pra você curtir...

                                                                     Layla 

                                                                                                                           
                                                             Tears in heaven
                                                               
                                                             I Shot The Sheriff
                                                                                                                                                                                                        Cocaine
                                                                                                                                                                                                                  Wonderful Tonight
    Reações:

    1 comentários:

    Liane Dornelles disse...

    Marlon, tá per-fei-to! Escolha incrível, grande sacada (adoro o Eric Clapton - eu a a torcida do Flamengo... hahaha) e vc garimpou as músicas a dedo, entre as melhores e mais gostosas dele.

    Também não me canso de admirar e ficar de queixo caído com o visual do blog, que vc criou com toda a tua sensibilidade, criatividade, competência e bom gosto (que aliás refletem qualidades tuas que eu gosto de lembrar, pq às vezes esqueço < (por culpa tua... hahahahahahah)

    A partir do dia 14 (que é qdo meu médico ortopedista chega das férias) eu vou tratar minha coluna e voltar a divulgar intensivamente o nosso lindo e especial "solar" virtual.

    Que Papai do Céu e os anjinhos do Céu façam vc largar de ser mala e voltar a agir como nos bons tempos (pq aquele Marlon tá aí, na cara pra qualquer um ver, só que, sabe-se lá por quê, tá mto c* doce... eheheheh :P

    Postar um comentário

    Clique dentro da caixa e digite seu comentário!

    Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

     
    Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Enterprise Project Management