segunda-feira, 3 de junho de 2013

Voz revela traços de personalidade e estado de espírito





                                                       Voz é energia. São as vibrações de alguém que atingem o outro e provocam uma resposta, seja positiva, neutra ou negativa. Pode-se conhecer boa parte do universo de uma pessoa pela sua voz. Faço a diferenciação aqui de "fala", que é o som articulado e demonstra o exercício intelectual que fazemos para nos comunicarmos. A voz demonstra exatamente as emoções embutidas nas palavras. Através dela demonstramos nosso bem-estar, disposição, humor, educação, tranquilidade ou nervosismo, maturidade, caráter, desejos, verdade, evolução, etc., etc., etc. 

Uma boa voz conserva seu tom natural (timbre), intensidade adequada ao ambiente (volume compatível), andamento (velocidade) apropriado ao ouvinte, variações de inflexões, ritmo, acentuações, pausas. E visando transmitir sensações agradáveis, despertar vontade nos outros de escutar-nos, impactar o interlocutor de diferentes formas, é necessário a escuta, a observação, a adequação para a melhoria da interação. Para se ter uma voz que provoque as mais diversas sensações/impressões no outro, seja harmonia, impacto, tranquilidade, sensualidade, entusiasmo, etc., é necessário desenvolver a capacidade de ouvir atentamente outras vozes, observá-las e respeitá-las. É vital também a auto-escuta, ou seja, ouvir-se, mergulhar nas vibrações da própria voz e no que ela pode transmitir. E não é possível a ninguém conhecer a própria voz somente falando, é preciso ouvi-la gravada por recursos de qualidade, de alta fidelidade. 

Alguns exemplos de vozes

Voz muito lenta, baixa, monocórdia, indecisa, vacilante - indica geralmente uma pessoa doente ou com alteração emocional (medo, depressão, timidez, insegurança). Ou falta de vontade de interagir com o outro.
Voz vibrante demais, incisiva, rápida, por vezes meio tonitruante e autoritária - indica pessoas que lideram, são corajosas, têm voz de comando, gosto por decidir e por solucionar problemas. Pode também indicar ansiedade, desequilíbrio ou mesmo insegurança. 
Voz suave, agradável - indica pessoas tranquilas, equilibradas, pacientes, educadas e saudáveis.
Voz vibrante (mas sem exagero), de boa velocidade (nem tão lenta nem tão rápida), modulada, em timbre constante, harmoniosa, de boa altura (nem tão alta nem tão baixa),  com variações de colorido, de emoções (vivaz, sem monotonia) - indica pessoas saudáveis, alegres, equilibradas, perceptivas, bem humoradas, evoluídas, gregárias e disponíveis à interação. 

A voz que é mais usualmente empregada em nosso dia-a-dia demonstra muito de nossa personalidade. Mas podemos e devemos adequá-la conforme a situação vivenciada. Para isso, exercícios e vivências para o autoconhecimento são muito importantes.

Algumas dicas de como aperfeiçoar a voz, assim como adaptá-la a diferentes situações e melhorar a qualidade de seus relacionamentos

- Fazer um bom curso de canto, que, entre outras coisas, mostrará qual é o seu real timbre de voz, assim como a adestrará para que atinja seu máximo potencial de qualidade;
- Ler, em voz alta, textos com conteúdos variados, gravando a própria voz (como já foi dito, com recursos de alta fidelidade). Empregar diferentes andamentos, acentuações, intensidades - ou seja, interpretar de formas diferentes; 
- Cantar em ambientes diferentes de sua casa, testando cada espaço físico. Utilize volumes diversos, desde o mais baixo ao mais alto. Experimente crescer e decrescer o volume; 
- Conversar olhando mais seu ouvinte, percebendo o ritmo atual do mesmo e adequando o seu ritmo ao dele; 
- Ouvir e analisar as vozes de outras pessoas e observar o impacto que lhe causam é uma boa forma de se ter referências - positivas, neutras ou negativas;
- Caso alguém esteja desanimado, experimente utilizar sua voz para animá-lo,  acelerando-a, acentuando-a e causando alteração benéfica (ou então ele pode estar num estado em que a animação de outrem possa incomodá-lo - isso é comum em casos de grande tristeza ou depressão. Para isso, é preciso percepção, sintonia fina, e nesse caso não falar de forma muito animada, apenas tranquila e empática); 
- Se a pessoa estiver agitada, fale com tranquilidade, harmonia (porém, não exagere na lentidão ou tranquilidade, pois, dependendo do estado ou sensibilidade do interlocutor, isso poderá irritá-lo ainda mais. O ideal, nesse caso, é uma voz apenas normal, que não lembre, por exemplo, um monge budista visando a "iluminação espiritual". Nunca ouviu alguém dizer algo como: "Sua calma me irrita?" Pois é, até a calma excessiva pode ser desagradável); 
- O sorriso costuma suavizar uma voz e torná-la agradável - mas nem sempre. Riso em excesso e constante pode também indicar superficialidade, pobreza de emoções e falta de empatia com um eventual estado negativo (por exemplo, depressivo) do interlocutor. 

Como vêem, para tudo é preciso senso de medida, equilíbrio e "feeling"; nem sempre o óbvio, o senso comum, é o mais indicado .

Buscar a harmonia neste mundo tão conturbado é essencial a uma melhor qualidade de vida. Sua voz, tão pessoal e única, pode ser uma ponte para esta almejada harmonia. Passe a usá-la de forma mais consciente no seu dia-a-dia e observe seu poder de transformar aos coisas ao seu redor. 


O QUE LHE TRANSMITE A VOZ DE NORAH JONES (NO VÍDEO ABAIXO)?

Norah Jones - Drown In My Own Tears (Ray Charles Tribute) 


Reações:

3 comentários:

Terre Nunes disse...

Norah Jones, Li? Que beleza!!! Sem palavras para ela. E achei o assunto muitíssimo interessante.

O que me transmite a voz dela: tranquilidade, harmonia, sensibilidade, feminilidade, uma sensualidade meiga e nada vulgar.

Notei que o blog tá diferente... ficou bacana, mas eu gostava mais do fundo preto.

Besos

Roni Sauaf disse...

Li, mais um gol............
Apesar de eu curtir uma pauleira, vc sabe que eu tb sei o que eh bom....... Norah Jones, essa tchutchuquinha fofa e linda e que canta divinamente........
O que me transmite: tesããããõ!!! rsrsrs
Brinks, eh o que o camaradinha acima falou: calma, sensualidade doce e naum vulgar (e tesão, naum adianta......... rsrs)

Beijokas, meu anjinho

Marlon Sérgio disse...

Pois é, Lilly, o Roni e o Terres Nunes tem toda razão. Acordei naquela manhã de quarta-feira, se não me engano, e às 6:30 liguei o pc e tive essa surpresa tão agradável que me deixou com outro estado de espírito naquele dia.
te liguei e disse que gostei demais da postagem. Adoro Norah Jones e tenho várias de suas canções em minha biblioteca que ouço desde que a conheci. Então, naquela manhã fiquei ouvindo Norah por um bom tempo.
O timbre dela pra mim é incomparável no estilo. Os arranjos marcantes sobretudo no piano são marcantes em suas canções. Enfim, parabéns por outra postagem top, Lilly.

Postar um comentário

Clique dentro da caixa e digite seu comentário!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Enterprise Project Management