segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Paulinho da Viola – 70 anos de pura poesia






Há 70 anos (em 11 de novembro de 1942) nascia um cara que leva toda a delicadeza, elegância, simplicidade e sensibilidade de sua personalidade para o samba: Paulo Cesar Baptista de Faria – o Paulinho da Viola.

Paulinho da Viola. Único. Admirável.

Parabéns, Paulinho! Vida longa, felicidade, luz e muita poesia no seu caminho.

Portelense, circulou entre os sambistas da Mangueira – frequentando o já lendário bar Zicartola, de Cartola e Dona Zica. Paulinho da Viola está onde o samba de boa qualidade está. Sempre cantando baixinho, sem pressa, com emoção e um meio sorriso no rosto, é o que se pode chamar de artista completo. Compõe samba com partitura. Mas chega de falar dele. Vamos ouvi-lo. É muito difícil escolher canções no repertório de Paulinho. Tudo é bom. Minha vontade era listar ao menos 70 sambas, um para cada ano de vida dele. Ou dois, ou três... Mas não dá pra fazer isso. Então, com um aperto no coração e cheia de dúvidas e indecisão, acabei selecionando essas dez. Tem composições mais belas dele? Sempre. Cada canção de Paulinho nos fala ao coração de uma maneira particular. É muita coisa linda para hierarquizar. Eu não consigo hierarquizar poesia, sentimento, emoção. Vou listar o que me ocorrer agora. De qualquer forma, está aberto o espaço para os comentários, para quem se lembrar desse ou daquele samba memorável de Paulinho abrir a palavra. Será um precioso acréscimo.  

Ah, nessa playlist tem algo inusitado: além dos sambinhas, uma valsinha (“Vinhos Finos... Cristais”) e uma toada (“Toada”)  compostas por Paulinho. Vamos lá:


Quem quiser conhecer um pouquinho mais sobre esse artista ímpar, pode assistir ao documentário a seguir. É lindo.


“Vinhos Finos… Cristais”


 “Meu Mundo é Hoje”


“Para Ver as Meninas”


“14 anos”


“Cantando”


“Perdoa”


“Toada”


“Ame”


“Coisas do Mundo Minha Nêga”


“Vela no Breu”



Reações:

7 comentários:

Roni Sauaf disse...

Li, mais um post mto maneiro........ até eu que sou mais pra rockeiro curti demais........ mas tb sei o potencial de outros estilos..... o do Paulinho eh mto bom, pura poesia mesmo, e as melodias tb são bonitas.......... vá em frente, garota, eh por aí mesmo.

Marlon Sérgio disse...

Lilly, adorei a homenagem a esse grande valor da MPB. Gosto de tudo de Paulinho da viola. Mas senti falta de uma de suas canções mais conhecidas, que é "Pecado Capital".....

"Dinheiro na mão é vendaval, é vendaval....na vida de um sonhador, de um sonhador...quando a gente aí se engana e cai da cama com toda ilusão que sonhou...

Ana Paz disse...

Olá, Lilly, boa noite!! Parabéns pela merecidíssima homenagem ao Paulinho da Viola. Adoro!!! As músicas do Paulinho são feitas não só para serem ouvidas, mas sentidas, dentro do coração. E por falar em coração...

Coração leviano
(Paulinho da Viola)

Trama em segredo teus planos
Parte sem dizer adeus
Nem lembra dos meus desenganos
Fere quem tudo perdeu
Ah! Coração leviano
Não sabe o que fez do meu

Este pobre navegante
Meu coração amante
Enfrentou a tempestade
No mar da paixão e da loucura
Fruto da minha aventura
Em busca da felicidade

Ah! Coração teu engano
Foi esperar por um bem
De um coração leviano
Que nunca será de ninguém

Lilly disse...

Nossa, Aninha, ele tem tanta, mas tanta música boa que fica até difícil escolher... tive o maior trabalho, não queria deixar algumas de fora, mas precisava...
Que bom que você gostou... ele merece mesmo, né?

Beijão e obrigada pela música que mandou. É muito linda também.

Lilly disse...

Marlon, sabia que vc ia gostar... c/a tua sensibilidade e bom gosto...
Olha, realmente, Pecado Capital é uma música incrível do Paulinho, mas vc não imagina a dificuldade que é selecionar músicas dele, pq quase todas são lindas, cheias de poesia da melhor qualidade, melodias deliciosas, aquela sabedoria e aquela mansidão dele... todas as canções têm uma qualidade técnica impecável, até mesmo as gravações no YouTube são excelentes, sonoras, as dimensões dos vídeos padronizadas (sempre 300 e pouco X 400 e pouco), os títulos sempre seguindo um padrão único... ele é mto cuidadoso c/ seu trabalho.

Lilly disse...

Roni, vc não me engana... sei que tem uma alma mais poética e sensível do que gosta de admitir... tô falando sério agora. E como tal, vc só pode adorar o Paulinho. "Quem não gosta de Paulo / Bom sujeito não é / É ruim da cabeça / Ou doente do pé..."
E olha que os sambinhas dele são bem diferentes de outro tipo de samba que sei que vc abomina. (Mas tem uns que eu ainda vou te fazer gostar... por ex., os da Mª Rita.) E toca em outros ritmos também, tipo valsinha, toada & mtos. outros...

RMFilho disse...

Paulinho da Viola é um ícone da mpb. E, não à toa. Respeitado pelos grandes e idolatrado pela maioria, adotou a simplicidade como guia e com ela vive e produz jóias musicais. Parabéns, Velho Paulo. Que a luz te acompanhe sempre, como o som já o faz.

Postar um comentário

Clique dentro da caixa e digite seu comentário!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Enterprise Project Management