segunda-feira, 4 de julho de 2011

Legião Urbana - a gente era feliz e não sabia...




O grupo Legião Urbana foi formado em 1983, após a separação do grupo punk Aborto Elétrico. Nesse meio tempo, pós Aborto e antes de formar a Legião, Renato fez várias canções como cantor solo, que mais tarde se tornariam grandes sucessos da Legião. A banda, com a formação que iria até o fim com Renato Russo, Marcelo Bonfá e Dado Villa-Lobos, começa então a tocar em festivais fora de Brasília, e um dos lugares que deu maior projeção ao grupo foi o Circo Voador, no Rio de Janeiro. Nesses shows, o set list era composto por muitas músicas da época do Aborto Elétrico, como ''Que País é Este" , "Geração Coca-Cola", "Química" etc. Herbert Vianna, amigo de Renato Russo, havia conseguido um contrato com a EMI no fim de 83 com o seu grupo, o Paralamas d oSucesso, e no álbum "Cinema Mudo" grava a música" Química", da Legião.
      O diretor artístico da gravadora, Jorge Davidson, se interessou pela canção e pediu a Vianna que chamasse Renato para uma conversa. No fim do ano eles gravaram a primeira demo, no Rio de Janeiro. Sai então o primeiro LP "Legião Urbana", pela EMI-ODEON, que já trazia sucessos como "Será", "Ainda É Cedo" e "Geração Coca-Cola". Os shows ficaram famosos por terem um comportamento totalmente anti-pop e pela postura de Renato que não permitia "bagunça" durante as apresentações. Após o álbum "DOIS", o mais vendido de toda a carreira, a Legião quase terminou, pois Russo já estava irritado com os objetos que eram atirados no palco e todos os integrantes estavam estressados com as turnês. Quando essa fase difícil passou, a banda começou a trabalhar no repertório do terceiro disco. "Que País é Este".
      Esse álbum rendeu a eles a consolidação da banda no rock nacional, mas também lhes trouxe complicações, como tumulto em um show em Brasília, em junho de 1988. A partir daí, inicia-se uma nova fase para a banda. Com a saída de Renato Rocha, Renato e Dado revezam-se no baixo na gravação do próximo trabalho em estúdio, intitulado "As Quatro Estações", de 1989. As letras, além das críticas sociais, tratam de AIDS, romantismo e homossexualismo. No final de 1990, Renato Russo, que passava por diversos problemas de saúde devido à dependência alcoólica, descobre que é soropositivo, interrompendo assim a turnê. Após essa pausa, é lançado, no final de 1991, o álbum "V" (cinco) , com uma temática mais pessimista e temas como drogas e a crise do país. Em janeiro de 1992, o grupo grava o"Acústico MTV."
    A turnê desse álbum foi interrompida em setembrode 1992, devido a novas complicações de saúde de Russo. Parte do material ao vivo da banda entrou para a coletânea "Música Para Acampamento", lançada ainda em 1992. No início de 1993, Renato começa um tratamento intensivo contra a dependência química e em dezembro de 1993 é lançado o álbum "O Descobrimento do Brasil", trazendo um som mais diversificado, com a inclusão de instrumentos novos, como o bandolim, a cítara e o dobro. Logo após esse disco, Renato grava um álbum solo. Já de volta à Legião, começa a compor as letras para o próximo álbum, mas sente-se cada vez mais enfraquecido devido à doença. Seu estado de saúde piora muito durante as gravações, atrasando o lançamento do disco. Em 21 de setembro de 1996, sai o último álbum da banda, "A Tempestade" (ou o Livro dos Dias), e Renato se isola em seu apartamento, dando apenas algumas raras entrevistas.
Em 11 de outubro de 1996, Renato vem a falecer. Segundo a versão dos médicos e da imprensa, vítima de AIDS. O fim da Legião Urbana é então anunciado em 22 de outubro pelos parceiros Dado e Marceloa, companhados do empresário da banda, Rafael Borges. Depois disso ainda foi lançada a coletânea "Mais do Mesmo", "Acústico MTV" e o duplo ao vivo "Como é Que Se Diz Eu Te Amo", registrado na turnê de"O Descobrimento do Brasil", em 1994, no Rio de Janeiro.
     A Legião Urbana fazia um Rock poético-romântico, mas também com temáticas existenciais. Muitas de suas músicas tinham letras engajadas, extremamente politizadas e com crítica social contundente. A minha real preocupação com a produção musical atual é que ela é feita a toque de caixa$. Poderíamos, graças a Deus, citar alguns nomes de cantores e bandas nacionais que ainda fazem a música arte, a música que requer matérias primas cada vez mais raras: INSPIRAÇÃO, POESIA, ORIGINALIDADE, ESTILO, CRIATIVIDADE e,sobretudo, AMOR pela música, pelo prazer de fazer música. O resto é secundário. Ma$ tem gente demai$ por aí fazendo uma música medíocre, puramente comercial, portanto,descartável...


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Clique dentro da caixa e digite seu comentário!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Enterprise Project Management