sábado, 23 de fevereiro de 2013

Mestre Bezerra da Silva - malandro é malandro, mané é mané.





Hoje, 23 de feveiro, estaria fazendo 86 anos o nosso Mestre Bezerra da Silva, nascido em /1927 em Recife, Pernambuco (mas cedo adotando o Morro do Cantagalo, no Rio.) Cantor, compositor, violonista e percussionista, seu estilo era o coco e partido o alto, subgêneros do samba. Embaixador dos morros e favelas, os principais temas das suas canções foram os problemas sociais das comunidade - a vida do povo e os problemas da sociedade e das favelas, como a exploração e a opressão dos trabalhadores, a malandragem e ladrões à margem da lei, a questão do uso de drogas e a condenação à "caguetagem" (delação de companheiros).

 Esta última temática refere-se a uma das principais estratégias de sobrevivência da "malandragem" em comunidades militarizadas pelo Estado e sob constante vigilância policial, onde a "malandragem" exerce influência e medo p/que os moradores destas localidades não os delatem aos órgãos do Estado. São numerosos os sambas de Bezerra da Silva que condenam de forma apológica os "dedo-duros". Reflexos de uma sociedade que habita um Estado incapaz de garantir a segurança da população, que apela p/ a falsa segurança oferecida por traficantes e marginais, mas que na maioria das vezes é necessária, pois os indivíduos de fora deste grupo social os têm como inimigos. Concluindo-se assim, que não são os moradores do morro que fomentam a guerra, apenas defendem-se como podem.

Desde a infância foi ligado à música e sempre sentiu que tinha o dom de tocar, indo morar no Rio de Janeiro. Ingressou na Marinha Mercante, deixou-a e foi trabalhar como pintor na construção civil, no Morro do Cantagalo, Rio de Janeiro. Ao mesmo tempo era percussionista  e logo entrou em um bloco carnavalesco, onde um dos componentes o levou p/ a Rádio Clube do Brasil, em 1950. Durante 7 anos viveu como morador de rua em Copacabana, até que passou a atuar como compositor, instrumentista e cantor, gravando o primeiro compacto em 1969 e o primeiro LP 6 anos depois.

A partir da série Partido Alto Nota 10 começou a encontrar público. O verdadeiro precursor do Hip Hop brasileiro, ele passou a mostrar a sua realidade em músicas como "Malandragem, Dá um Tempo", "Sequestraram Minha Sogra", "Defunto Caguete", "Bicho Feroz", "Overdose de Cocada", "Malandro Não Vacila", "Meu Pirão Primeiro", "Lugar Macabro", "Piranha", "Pai Véio 171" e "Candidato Caô Caô". Em 1995 gravou "Moreira da Silva, Bezerra da Silva e Dicró: Os Três Malandros In Concert", uma paródia ao show dos três tenores, Luciano Pavarotti, Plácido Domingo e José Carreras. Aliás, durante sua carreira, Bezerra fez diversas parcerias incríveis, deliciosas, algumas inusitadas. O sambista virou livro em 1998, com "Bezerra da Silva - Produto do Morro", de Letícia Vianna.

Sua discografia é extensa:

    - O Rei Do Côco - Vol. 1 (1975)
    - O Rei Do Côco (1976)
    - Partido Alto Nota 10 Bezerra e Genaro (1977)
    - Partido Alto Nota 10 Vol.2 - Bezerra e Seus Convidados (1979)
    - Partido Alto Nota 10 Vol.3 - Bezerra e Rey Jordão (1980)
    - Partido Muito Alto (1980)
    - Samba Partido e Outras Comidas (1981)
    - Bezerra e um Punhado de Bambas (1982)
    - Produto do Morro (1983)
    - É Esse Aí Que É o Homem (1984)
    - Malandro Rife (1985)
    - Alô Malandragem, Maloca o Flagrante (1986)
    - Justiça Social (1987)
    - Violência Gera Violência (1988)
    - Se Não Fosse o Samba (1989)
    - Eu não sou Santo (1990)
    - Partideiro da Pesada (1991)
    - Presidente Caô Caô (1992)
    - Cocada Boa (1993)
    - Bezerra, Moreira e Dicró - Os 3 Malandros In Concert (1995)
    - Contra O VERDADEIRO Canalha (Bambas Do Samba) (1995)
    - Meu Samba É Duro na Queda (1996)
    - Eu Tô de Pé (1998)
    - Provando e Comprovando sua Versatilidade (1998)
    - Bezerra da Silva: Ao Vivo (1999)
    - Malandro é Malandro e Mané é Mané (2000)
    - A Gíria é Cultura do Povo (2002)
    - Caminho de Luz (2003) GOSPEL
    - Pega Eu (2003)
    - Meu Bom Juiz (2003)
    - O Partido Alto do Samba (2004)
    -  Série Maxximum - Bezerra da Silva (2005)
    - O Samba Malandro de Bezerra da Silva (2005)
    - Caminho de Luz (2005) (Gospel)
    - Nosso Sentimento de TYKERES (2012)




 A ótima "Sequestraram Minha Sogra"



Os três (adoráveis) malandros (Bezerra da Silva, Moreira da Silva e Dicró) - 
paródia aos Três Tenores (no programa do Jô)




Tom  Zé e Jair Oliveira (Jairzinho Filho) fazem um tributo a Bezerra cantando 
em "Sem Saia, Sem Cera, Sem Censura"



"A Semente"





Maravilhoso tributo a Bezerra da Silva - diversos artistas





Os Três Malandros In Concert (Bezerra da Silva, Moreira da Silva e Dicró)

 

Reações:

4 comentários:

Roni Sauaf disse...

Como sempre eu sou o primeirão a comentar aqui, tô sempre de plantão pra ver o que de bom vc trouxe pra gente......
O véinho Bezerra..... manero demias, figuraça..... assim como Nelson Gonçalves ele tava sempre misturado com o que há de melhor entre os artistas brasileiros de todos os estilos.........
Danado, podia estar aqui nesta terrinha até hoje...... mas ele foi alegrar são pedro e os anjos do céu...... tem quem tente imitá-lo, iguala-lo impossível...... talvez só quem se equipara eh o Martinho da grande Vila Isabel. Mas.......... malandro eh malandro, mané eh mané.....

Besos amore

Lilly disse...

E eu fico super contente por vc ser tão assíduo no nosso blog. Vc é vip aqui, vc não pede, vc manda.

E estamos quites: eu também sou tua super fã no Kattah. E, como já te disse, assim que vc me mandar o material vamos fazer uma postagem sobre a tua banda.

Sobre o Bezerra... pois é, grande figura, grande nome da música brasileira, cheio de talento, graça e malemolência. Uma delícia ouvir suas musiquinhas.

Beijo pra ti

Sarkis Melhem jamil disse...

OLA, PRIMEIRO DIZER QUE É MUITO BOM PODER FAZER UM DEPOIMENTO AQUI, SEGUNDO QUE BEZERRA PESSOA MARAVILHOSA DA VELHA GUARDA, MUITO MAS MUITO TALENTO E SENSIBILIDADE, ADORO OUVIR E PRESTAR ATENCAO NAS LETRAS DAS MUSICAS QUE ELE INTERPRETA...

Lilly disse...

Querido Sarkis

Que bom ter você como nosso seguidor...

Realmente, o Bezerra é tudo isso e mais.

Continue participando do blog, até porque logo, logo teremos atrações muito interessantes, vc não perde por esperar.

Beijo

Postar um comentário

Clique dentro da caixa e digite seu comentário!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Enterprise Project Management